04/06/2019 09:08:00

Adalto diz que questão do IPTU 2019 não está sanada e sugere que população procure o MP

Autor: Tribuna Livre

“Onde já se viu protestar o nome de uma pessoa por uma cobrança indevida? ”

Descontente com a postura do secretário de administração, que afirmou que vai protestar o nome das pessoas que não pagarem o IPTU, o vereador Adalto de Souza disse na última sessão (03.06), que é um absurdo “sujar” o nome das pessoas por causa de uma cobrança indevida, já que ficou provado que foi o executivo cometeu erros no lançamento do imposto.

Outro fato que pontuou é sobre a população ter que ir até a Prefeitura para regularizar seus boletos. Ele entende que quem deve concertar os erros é a administração e não fazer o povo ir até o departamento de tributação, pois (com dinheiro do povo) já foi pago para uma empresa fazer o serviço de georeferênciamento então deveriam estar corretos os boletos.

“Isso é um descaso com a população, acho que o poder público tem que oferecer o melhor serviço e não cobrar serviço para o povo”, e questionou: “Onde já se viu protestar o nome de uma pessoa por uma cobrança indevida? ”, argumentou o parlamentar, lembrando que a população já pagou pelo serviço justamente para não ter que ir ao paço municipal fazê-lo.

Como havia sugerido em tribuna livre em sessões passadas o ajuizamento de uma Ação Civil Pública, ele procurou o Ministério Público Estadual (MPMT) e soube que a competência do ato é do próprio órgão, mas para isso é preciso que haja denúncias. Por isso disse para as pessoas que estão prejudicadas e que não vão pagar o imposto por causa dos erros, que procurem o órgão estadual para fazer a reclamação, então este tomará as providências.

FOTOS DA NOTÍCIA Clique na foto para abrir