07/07/2020 09:02:00

Após cobrança dos vereadores redutores de velocidade são instalados no entroncamento da MT-225 com BR-163

Autor: Assessoria de Comunicação - Câmara Municipal de Vera

Os equipamentos serão aferidos e testados pelo Inmetro nos próximos dias. A PRF é o órgão responsável pela ordem de funcionamento e penalidades.

Uma cobrança antiga, que se tornou realidade após a intervenção dos vereadores acionando o Ministério Público Estadual (MP/MT).  Foram instaladas lombadas eletrônicas nos dois sentidos da rodovia federal BR-163. O documento enviado para o MP teve a assinatura de todos os parlamentares e foi idealizado pelo vereador Vilmar Scherer junto com a Assessoria Jurídica da Câmara após muitas cobranças feitas à concessionária e a órgãos estaduais e federais e não ter sido atendido.

O promotor Willian Oguido Ogama de posse da reivindicação dos parlamentares, visando entendimento entre as partes convidou a empresa para uma reunião por videoconferência que aconteceu no dia (04/06/2020) onde além do próprio MP e a empresa, participam também alguns Vereadores de Vera. Naquele momento os representantes da Concessionária se comprometeram no prazo de 32 dias iniciar a instalação dos equipamentos. Com essa informação o promotor deixou claro que se isso não ocorresse ele ingressaria com uma ação judicial pois é fato notório que embora sempre tenha havido as placas de sinalização de (60km/h) no local, esse procedimento não estava endo suficiente para evitar acidentes.

Com os equipamentos instalados, mas ainda não “ativados” procuramos a assessoria da concessionária, que nos informou que o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) garantiu que fará a aferição e testes dos equipamentos no próximo dia (17/07).

Ainda destacaram que após os testes, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) é que decide a data para o funcionamento e assim que autorizado a Rota do Oeste comunicará o público oficialmente e com antecedência o início do monitoramento eletrônico. "Lembrando que a Concessionária não é responsável por penalizações, esta atribuição é da PRF", acrescentaram.

Embora ainda falte a “ativação” dos aparelhos, Scherer disse estar animado e realizado com mais esse trabalho que é umas das suas principais reivindicações nestes três mandatos como parlamentar na cidade. Em todas as oportundades ele sempre fez questão de lembrar e cobrar dos representantes de órgãos estaduais e federais esta necessidade. Ainda agradeceu o Ministério Público, todos os vereadores que assinaram o documento reforçando a cobrança e participaram da reunião por vídeo conferência, assim como o executivo, a PRF, o empresário de combustíveis que se localiza naquele trevo e sociedade em geral que tem apoiado a iniciativa.

Lembramos que os parlamentares de Feliz Natal/MT também fizeram a representação no MP daquele local, reforçando a cobrança.

*O último acidente fatal ocorreu no dia (23/05/2020) onde um motociclista que transitava pela rodovia federal perdeu a vida ao colidir com um caminhão que estava entrando para a MT-225 sentido à Vera

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FOTOS DA NOTÍCIA Clique na foto para abrir