16/10/2019 09:18:00

Tribuna Livre: Infraestrutura, evento para crianças e jovens e delação premiada

Autor: Tribuna Livre - Assuntos Pessoais

Adalto de Souza disse que esteve no entroncamento da MT-225 com BR-163 vendo o trabalho paliativo feito pela empresa Rota do Oeste para melhorar o espaço de quem entra e sai da BR. Também lembrou que a construção de redutores de velocidade ajuda muito na redução de acidentes assim como aconteceu na baixada do rio Caiabi onde foram feitos dois quebra-molas e nunca mais aconteceram acidentes.

Parabenizou a administração municipal pela festa das crianças que aconteceu na Praça 13 de Maio. Disse que a cidade tem pouco lazer para que as crianças e jovens tenham ocupação e possam sair da frente de celulares e computadores.

Outro assunto comentado por Adalto é a questão da delação de 38 deputados e ex-deputados mato-grossenses. Foi segundo ele, apurado desvio de verbas para propina de mais de R$ 175 milhões.

Disse que o que espanta é que existem muitos problemas em todas as áreas como a saúde por exemplo e mesmo tendo essa denuncia de 38 nomes ninguém se manifestou.

“O Estado está inviabilizado, não tem recurso para investimento e se fez uma delação dessas citando 38 nomes de envolvidos, com documentos, valores, modos operandi, empresas que são usadas para desviar dinheiro e ninguém se manifesta, acho engraçado isso”, ironizou o vereador.

Ele afirmou que entrou em contato com o deputado que apoiou e disse: “eu preciso de uma resposta da sua parte, porque se você realmente tiver envolvido nisso, você vai ter que devolver”.

Adalto entende que quem não deve não teme, então as pessoas precisam aparecer e dizer que não estão envolvidos ou então estarão confirmando sua culpa.

“Cobre seu deputado, apareceu o nome dele lá, peça uma explicação, quando chegar aqui não vá tratar bem não, manda devolver o que pegou porque esse dinheiro faz falta para os menos favorecidos, esse dinheiro salva vidas. Tem muitas pessoas que morrem porque não conseguem fazer uma cirurgia, um exame, não conseguem um remédio porque não tem mais dinheiro. Cadê a nossa segurança? Precisamos de mais efetivo e não tem porque não tem dinheiro pra investir”, reclamou Adalto.

E voltou a dizer que é que todos cobrem explicações dos deputados que apoiaram e que estão envolvidos na delação.

O vereador não citou na tribuna quem fez a delação e nem os nomes, mas disse que o assunto está nas mídias.


Adalto de Souza (66) 9 9622-2141